Novidades
Home / Saúde / OVÁRIO POLICÍSTICO – Será que você tem?

OVÁRIO POLICÍSTICO – Será que você tem?

Vamos hoje falar sobre um doença que tem por ano mais de 2 milhões de casos confirmados só no Brasil, ou seja é muito comum. É considerada como doença crônica e com isso não tem cura, mas felizmente não leva a morte, onde o paciente pode ter essa síndrome durante a vida toda normalmente. Ela é conhecida como SOP – Síndrome do Ovário Policístico que ocorre devido a um distúrbio hormonal que leva a um crescimento de cistos nos ovários aumentando em até 3 vezes o seu tamanho. O aparecimento de cistos durante a ovulação é normal são chamados de “cistos foliculares”, mas eles devem sumir ao fim da menstruação. Com a produção maior de testosterona devido ao desequilíbrio hormonal no ovário esse processo pode trabalhar de maneira errada gerando os cistos que não são eliminados (SOP).

sindrome-ovario-policistico-mid

A síndrome é de origem genética passando de mãe portadora de SOP para filha em até 50% dos casos. Outra estimativa é que 9% das mulheres adquirem a síndrome na idade reprodutiva, ou seja, começou a menstruar já tem que se cuidar (puberdade).

Estudos indicam que sua origem está associada com a produção da insulina em excesso pelo organismo que causa um desequilíbrio hormonal impedindo os cistos de serem eliminados no período de menstruação.

Alguns médicos para diagnosticar a SOP pedem somente um exame de ultra-som ginecológico, mas se não for associado à verificação da dosagem dos hormônios LH, FSH, TSH, tireóide, prolactina, testosterona total e outros exames laboratoriais não será conclusivo. É necessária uma investigação completa para o diagnóstico preciso.


O tratamento nas mulheres que não desejam engravidar é feito na maioria dos casos é feito com anticoncepcionais orais a base de hormônio (pílulas) vendidos em qualquer farmácia, para regularizar o ciclo menstrual e metformina para prevenir o diabetes, estatinas para controlar o colesterol alto. Há casos que é necessária cirurgia, mas são raros devido o grande sucesso com os anticoncepcionais orais. Atividade física e uma dieta equilibrada, rica em vitaminas e minerais sempre ajudam como auxilio terapêutico, combatendo a obesidade. Com a chegada da menopausa os hormônios femininos têm sua produção bem reduzida aumentam ainda mais os sintomas provocados pela SOP.

sindrome-ovario-policistico-mid2

Muitas mulheres que sofrem com essa doença questionam se é possível engravidar. E a respostas para elas é que SIM é possível, fazendo uso com medicamentos que estimulem a ovulação, mesmo ela sendo irregular. Mas a gravidez deve ser acompanhada por um especialista, pois aumenta o risco de pré-eclampsia, parto prematuro, diabetes gestacional e até aborto espontâneo.

Sintomas

  • Acne
  • Obesidade
  • Ciclo menstrual irregular
  • Aumento dos pelos nos seios, buço, rosto e abdômen (hirsutismo)
  • Queda de cabelos
  • Menor chance de engravidar por ovular menos
  • Manchas na pele
  • Alterações do colesterol
  • Tem maior produção de hormônio masculino
  • Infertilidade
  • Excesso de oleosidade na pele
  • Câncer do endométrio
  • Diabetes
  • Ansiedade e depressão
  • Podem apresentar calvície

Lembre-se a síndrome do ovário policístico é uma doença endócrina (tem um distúrbio hormonal) sendo o especialista um endocrinologista.

por Redação

Comentários

Veja também

Alimentos Que Ajudam e Pioram o Colesterol

ALIMENTOS que ajudam ou pioram o COLESTEROL

Falaremos sobre Alimentos Que Ajudam e os Que Pioram o Seu Colesterol e com essas dicas você terá …