Novidades
Home / Saúde / GLÚTEN – Emagrece ou Adoece? [NOVIDADES]

GLÚTEN – Emagrece ou Adoece? [NOVIDADES]

Esclareça suas dúvidas sobre os prós e contras do glúten

Você sabe o que é o glúten? Neste artigo irei explicar detalhadamente diversas informações importantes sobre esse componente que está na maioria dos alimentos que consumimos e muitas vezes não podemos ou percebemos. Saiba  porquê ele pode ser prejudicial ou não para a saúde. Glúten: emagrece ou adoece? Vamos saber abaixo:

O que é glúten?

Esse componente é encontrado em alimentos como massas, pão, bolo, biscoitos e macarrão, no entanto,  muitas pessoas se enganam achando que o glúten é um carboidrato. Na verdade, ele é uma proteína: gliadina e glutenina que estão presentes nos trigos, cevadas e centeio.

Glúten - Emagrece ou Adoece

Grão de  trigo

Todos os alimentos que possuem matéria prima desses componentes possuem a proteína: Glúten.

A função do glúten é facilitar o manuseio da massa, dando leveza, macieza, com uma textura mais puxa-puxa e também resistente.

Quando estamos preparando uma receita e acrescentamos uma xícara de água na farinha de trigo, a gliadina e glutenina se encontram e fazem a ligação entre si.

Assim, o glúten se forma e a textura da massa fica igual à de pizza, macarrão e todos os alimentos que possuem esses dois agentes.

Mas existe outra função do glúten: Ele ajuda no crescimento da massa. Quando essa massa está sendo sovada, o glúten reage fazendo a função de uma camada protetora não deixando o gás carbônico ser liberado. A função desse gás aprisionado que é o grande responsável pelo crescimento da massa.

Como o glúten também proporciona uma textura macia, o alimento fica mais fácil de ser mastigado.

Glúten Free

Glúten: Bonzinho ou Vilão?

O glúten faz mal? Essa é a pergunta que todos se fazem e a resposta que te dou: Tudo de depende do seu corpo.

Muito provável que ele faça mal sim, saiba por quê:

De acordo com a lista feita pela Clínica dos Estados Unidos, a Mayo Clinc, o glúten é alergênico e está entre os componentes com maior frequência de incidentes, depois dos laticínios.

 Centenas de pessoas ao redor do mundo sofrem de rejeição aos alimentos que contenham glúten, essas pessoas possuem a doença celíaca que é a intolerância a esta proteína.

Para quem acha que o diagnóstico é fácil, está enganado. Ele não é tão simples assim. Muitas pessoas passam muitos e muitos anos convivendo com os sintomas da doença e não reconhecem a relação com o glúten.


Essa proteína é uma das principais causas para a permeabilidade intestinal. O glúten vira uma cola no intestino e isso pode fazer com que o seu intestino não funciona de maneira correta e também causa irritação.

Essa alergia, ou irritação que provoca, facilita a entrada de vírus e bactérias em nossa corrente sanguínea.

E, sendo assim, microrganismos presentes fazem com que o nosso sistema imunológico fique fragilizado e algumas doenças, como por exemplo: doenças autoimunes, alergias, problemas de pele, acne.

Trigo

Essa resposta do nosso organismo contribui também para que tenhamos resistência à insulina, o que pode favorecer o acúmulo de gordura e pode fazer com que desenvolvêssemos obesidade, diabetes e doenças cardíacas.

O glúten também provoca a queda da serotonina e por muitas vezes pode provocar problemas neurológicos sérios como:

  • Ansiedade
  • Depressão
  • Problemas de memória
  • Confusão mental
  • Irritabilidade
  • Agravamento dos sintomas da TPM
  • Indisposição

Assim como o açúcar, o glúten acaba com o nosso cálcio e podem ocorrer osteoporose, cáries, ranger de dentes, insônia e hipertensão.

Todos esses riscos podem acontecer com qualquer pessoa mesmo ela não tendo nenhuma alergia ao glúten.

CURIOSIDADE: geralmente os alimentos demoram em média 18 horas para serem digeridos pelo corpo, já o glúten leva 26 horas.

O consumo excessivo dessa proteína faz com que ocorra a retenção cada vez maior das toxinas e ocorra a retenção de líquidos e fermentação.

Cortar o glúten ou continuar a consumi-lo?

Depois que te contei tudo sobre o que o glúten faz em nosso corpo, a primeira coisa que virá à sua cabeça é: “Será que devo continuar consumindo glúten?”

Então você deve perguntar a si mesmo: “Eu me sinto mal comendo alimentos com glúten?”

Caso a sua resposta seja sim, tente ficar sem o glúten por um tempo para ver como o seu organismo reage.

O mais correto é você fazer uma visita ao nutricionista para um acompanhamento  da sua alimentação e melhora da saúde.

Vale lembrar que o glúten não é o único vilão no seu organismo. Alimentos que contenham ingredientes artificiais como açúcar, corante, conservantes e gordura vegetal também fazem muito mal ao seu corpo e reflete em consequências negativas para o funcionamento do mesmo.

Faça um teste também e retire das suas refeições, os alimentos industrializados, opte por incluir mais frutas e verduras, faça um prato colorido, e acompanhe como que seu corpo reagirá com a exclusão desses alimentos.

Preste sempre atenção nos alertas que o seu corpo te dá. Isso é muito importante para que você tenha a opção de viver melhor e de maneira mais saudável.

Veja outra matéria que aqui abaixo onde falo sobre “Herpes”

Herpes Não Se Engane Pela Aparência

Espero que tenha te ajudado a entender melhor como o assunto do momento (glúten) atua em nosso organismo. Se gostou, compartilhe com outras pessoas as informações!

Redação: Bethania

Comentários

Veja também

Clareamento Dental Caseiro

Clareamento DENTAL CASEIRO – Dicas para acabar com os dentes amarelos

O nosso sorriso é como a fachada da nossa casa. Quanto mais limpa e bonita, …